CONSULTAS

                                                                                    

 

 

 

 

 

Si vous voulez rencontrer un psychanalyste

 

If you want to find a psychoanalyst

 

Si desea encontrar un psicoanalista

 

Se quiser encontrar um psicanalista

 

 

Envíe as suas coordenadas para:

 

 

e-mail: acfportugal@hotmail.com

 

 

 

 

 

Pedidos de «formação» em Psicanálise

 

A Antena do Campo Freudiano (ACF) é o grupo português da Nova Escola Lacaniana da Associação Mundial de Psicanálise e da Euro-Federação de Psicanálise.

 

É neste quadro que a ACF oferece uma formação em psicanálise e psicoterapia de «orientação lacaniana» única em Portugal.

 

Para além de indicar aos interessados nomes de psicanalistas e psicoterapeutas competentes, desde a sua criação em 1986, a ACF tem organizado seminários em que participam especialistas nacionais e estrangeiros, jornadas de estudo, cursos e cartéis, pequenos grupos de trabalho aprofundado sobre casos clínicos, conceitos, e conexões com as letras, as artes e as ciências.

Os pedidos de formação para vir a exercer a psicanálise são endereçados por email ao Secretariado da ACF ou mais directamente a um dos seus membros.

 

A ACF disponibiliza a informação, mas a escolha do psicanalista cabe unicamente àquele que deseja iniciar a sua análise. Esta será sempre à partida uma análise «pessoal», que se revelará ou não «didáctica» no final.

 

Qualquer um está habilitado a iniciar uma formação psicanalítica, independentemente da sua experiência e estudos universitários. A ACF efectua no entanto uma selecção prévia dos candidatos.

 

Uma análise é normalmente um processo muito longo (que dura por vezes mais de vinte anos), do qual não se pode prever, nem antecipar o fim. Paralelamente à análise pessoal-didáctica, o candidato tem a obrigação de participar ao longo dos anos na formação teórico-prática da ACF e Escolas afins. Durante o longo percurso de uma análise, o candidato dá-se forçosamente a conhecer, não só através do trabalho da transferência com o seu analista, como através da transferência de trabalho com os pares, o que inclui a capacidade reconhecida de transmitir a psicanálise de "orientação lacaniana" pela fala e a escrita.

 

Quando o analisando tiver analisado o sentimento de ter definitivamente acabado a sua análise poderá, então, pedir à ACF - ou a uma das Escolas da Associação Mundial de Psicanálise - que o reconheça como um dos seus. Para tal deverá enveredar pelo dispositivo do «passe». Caso não queira seguir o caminho deste testemunho e, desta forma, obter o título de Analista da Escola (AE), pode, ainda, declarar-se sem garantia enquanto Analista Praticante (AP).

 

A prática psicanalítica pode vir a necessitar de uma supervisão ou controle, ou mesmo de uma reanálise. Sempre que tal acontece, o analista praticante não deve hesitar a recorrer a colegas mais experientes.